Artigo
Categorias

Na semana passada, nos dias 12 e 13 estive no evento Think E-Commerce Edição Belo Horizonte, segunda edição de uma série de 15 eventos realizados pelo E-commerce Brasil, o qual a Driven.cx é mantenedora, que rodarão 6 cidades com reflexões e provocações sobre os desafios e perspectivas futuras sobre o mercado.

Foram dois dias cheios de palestras realizadas por diversas empresas divididas em duas salas, todas focadas no ecossistema de e-commerce com muito conteúdo e novidades do setor.

Dentre as que tive a oportunidade de assistir, ao meu ver destacou-se pelo conteúdo a do Ilan Szuster, Account Executive da VTEX, que trouxe o tema Transformação do E-commerce e o Futuro do Varejo abordando a importância na atenção destinada a experiência de compra. Em sua palestra Ilan demonstrou um gráfico com a evolução do Varejo onde no Brasil, nosso próximo passo é focar nossas energias em Unified Commerce.

Unified Commerce ou comércio unificado, é uma tendência que coloca a experiência do cliente em primeiro lugar. É necessário adotar uma única plataforma de comércio centralizando seus canais de atendimento em tempo real. Basicamente o consumidor é colocado no centro de todos os canais. Web, aplicativos e loja física estão interligados.

Para comprovar a assertividade da tendência de Unified Commerce, a palestra do Ilan trouxe os dados de pesquisa que dizem que um cliente Omnichannel consome até 4% a mais na loja física e até 10% a mais no canal digital. Sobre o mercado americano onde o Unified Commerce já é uma realidade, 81% dos varejistas pretendem implementar esta nova tendência em 2020.

Outra palestra que me chamou atenção foi a da Bruna Eugênio, Head of Sales na Linx Impulse. O conteúdo trazido pela Bruna abordou também o Unified Commerce porém com foco em experiência personalizada.

O novo consumidor é muito mais impaciente e exigente, logo é imprescindível pensar em experiência. O varejo precisa dar atenção ao Unified Commerce reforçando importância do cliente no centro dos canais de venda. Bruna trouxe uma pesquisa que comprova que 58% dos consumidores estão mais propensos a comprar em uma loja que ofereça uma experiência de compra personalizada, seja loja física ou loja digital.

Estes dados sobre experiência do consumidor unificando lojas físicas e lojas digitais me levam a falar de mais uma palestra que ao meu ver foi um destaque. Pablo Canano Diretor Comercial aqui na Driven.cx, esteve no NRF em Nova York no início deste ano. A palestra trouxe experiências em lojas bastante renomadas, não somente por seu belíssimo trabalho de branding como por sua expertise em criar engajamento e experiências únicas com seus consumidores.

Além de reafirmar a sincronicidade que deve existir entre loja fisica e loja digital, Pablo provocou questionamento sobre a importância que as empresas atualmente dão para os dados.

“Dados são o novo petróleo”, frase bastante citada no mercado ultimamente pelos executivos que a usam para defender a ideia de que os dados são tão valiosos quanto o petróleo. Seguindo esse raciocínio, é seguro afirmar que a maior riqueza se encontra não nos dados em si, mas sim na capacidade de usá-los de forma analítica.

O motivo pelo qual trouxe o conteúdo destas três palestras, foi a abordagem em tendências para e-commerce e como todas estão interligadas. Assim como omnichannel que hoje é tão falado no Brasil, mesmo que com tantos desafios para implementar um projeto devido suas idiossincrasias, logo criaremos em terras tupiniquins experiências de compra colocando o consumidor no centro de todos os canais, valorizando e utilizando os dados gerados com suas interações. Estou bastante ansioso pelas próximas edições do Think E-commerce.

Artigos Relacionados
× Como podemos ajudar?