Artigo
Categorias

Você já parou para pensar em como o layout de e-commerce tem impacto direto no seu sucesso? Bom preço e bons produtos não adiantam tanto quando os visitantes têm dificuldade de encontrar o que querem ou navegar pela loja.

Por isso, pensamos que é uma boa ideia discutir com você mais a fundo sobre o assunto. Veja por que dar atenção a essa escolha, o que você precisa garantir no seu layout e como não errar nesse processo. Vamos lá?

A importância do layout do seu e-commerce:
O layout de um e-commerce tem duas funções fundamentais. Por um lado, ele é a cara do seu site, uma parte integrante e importante da sua identidade visual.

Ou seja, ele representa a marca, que não pode ser perdida de jeito nenhum — principalmente para marcas que já são conhecidas do público. Essa identidade precisa estar no layout e na comunicação visual online.

Por outro lado, um bom layout precisa conversar com o usuário, passar confiabilidade e guiá-lo da melhor forma possível por todo o processo de compra: da exploração da vitrine até o pagamento.

Resumindo, sua importância está em ser vitrine e vendedor, causar um impacto positivo de experiência no seu usuário e convencê-lo que a sua loja é a melhor opção para ele.

Como escolher o layout de e-commerce perfeito
Deu para perceber tudo o que está em jogo nessa escolha, mas isso não significa que seja difícil ou complexo acertar no layout que melhor se encaixa com a sua loja virtual. Para isso, basta seguir algumas dicas simples:

Pense sempre no cliente:
Foco no cliente é uma regra inviolável do e-commerce. Tudo o que você faz, investe, modifica, implementa precisa ser decidido pensando em como isso afeta as pessoas que vão entrar na sua loja.

Por isso, esse processo começa com várias perguntas para entender com quem estamos falando, quais são suas demandas e o que esperam de uma experiência de compra. Dentro disso encontramos diversas variáveis que vão ser levadas em consideração na hora de pensar esse layout.

Cuide da velocidade de navegação:
O layout de um site pode influenciar muito na sua velocidade para carregar e disponibilizar informações. Em um mercado tão competitivo como o e-commerce, essa demora pode ser crucial para perder clientes.

Por isso, fique de olho no impacto que a sua escolha terá no carregamento das páginas e no processo da descoberta ao pagamento. Quanto mais rápida for sua loja, maior é o potencial de conversão.

Priorize a informação:
Confiança vende. Para passar confiança no e-commerce, você deve oferecer de forma rápida e simplificada dados necessários para que o cliente decida-se pela compra antes de partir para a próxima loja.

Então, escolha um layout que disponha informações de forma clara, sem muita poluição visual, mas com objetividade. Esse equilíbrio faz muita diferença na experiência geral de compra.

Pense na integração com meios de pagamento:
Seja com pagamento direto, gateways ou intermediadores, facilitar o processo de compra diminui muito o abandono de carrinhos.

Portanto, seu layout deve ser pensado para evidenciar, simplificar e agilizar esse fluxo, com integração entre loja e pagamento. Quanto mais rápidas forem as etapas entre interesse e conclusão de compra, melhor para o seu negócio.

O que o layout de e-commerce tem que ter:
Muitos profissionais na área se fazem essa pergunta e buscam uma resposta, seja na internet ou em material especializado. Mas o que descobrem com o tempo é que não existe uma fórmula, cada loja vai exigir um layout adequado a ela.

Por exemplo: se é um site varejista, que vai atender a classe C, precisa entender que o consumidor não vai ter um aparelho poderoso, com tela enorme. O layout tem que ser voltado para quem vai acessar e comprar por meio dele.

Por isso é importante entender o público-alvo e como ele navega por esse site. Todos os fatores devem ser avaliados. O e-commerce é voltado para a conversão, o objetivo é que o consumidor termine a compra dele, por isso o fator performance é tão importante.

Não existe um layout bonito sem um layout funcional e vice-versa. O layout de e-commerce tem que ter as duas coisas. Tem que ser bonito esteticamente e tem que ser simples, tem que funcionar.

Quais erros evitar durante a escolha e a implementação
Agora que você já tem um caminho para seguir nessa pesquisa por um bom layout, vamos dar umas dicas para não ter erro nesse processo. Veja as falhas mais comuns nesse planejamento:

Não pensar no mobile:
Cada vez mais o mobile se torna a plataforma principal de compras do brasileiro, por isso o conceito mobile first ganhou tanta força.

Usar banners rotativos, por exemplo, não faz tanto sentido quando já foi testado e provado que a solução não funciona bem em smartphones.

Não entender a importância das informações:
Já falamos sobre isso, mas vale reforçar: as informações que você disponibiliza podem ser a diferença entre uma compra e um possível cliente pulando para a próxima loja.

Ao escolher e construir seu layout, a arquitetura da informação deve ser prioridade. Estamos falando de hierarquização de informações, otimização de imagens, foco em dados mais relevantes etc.

Usar imagens de forma pouco adequadas:
Expandindo mais no assunto imagens, esse é outro componente fundamental para um layout de sucesso. Pense na sua própria experiência, em como imagens convencem a fazer uma compra.

A questão é encontrar um equilíbrio. Um bom layout apresenta imagens em abundância e de qualidade, mas sem poluir a página ou pesar muito no seu carregamento. Não se preocupar com isso pode atrapalhar um grande site e uma grande marca.

Criar muitos obstáculos para a compra:
Quanto menor for o caminho entre a página de entrada e a conclusão do pagamento, mais fácil é converter. É comum que responsáveis por e-commerce queiram mais dados relevantes de seus clientes e acabem criando muitas etapas e formulários para cada compra.

Foque no que é necessário. Depois, se precisar, trabalhe em remarketing e técnicas de fidelização para aproximar esse cliente que já está satisfeito com a velocidade e simplicidade da primeira compra.

Não contar com ajuda:
Mesmo seguindo todas essas dicas, é difícil para um profissional de e-commerce encontrar o layout perfeito quando não tem a expertise na área ou uma visão completa sobre o que significa uma experiência satisfatória do usuário.

Por isso, buscar ajuda especializada já é um passo gigante na frente da maioria dos concorrentes. Além de conseguir resultados mais rápido e mais expressivos, você tira dos seus ombros o peso dessas decisões.

Um layout de e-commerce, em casos mais extremos, pode até tornar uma empresa inviável — se o cliente não consegue se encontrar, pesquisar sobre o produto e tem dificuldades em pagar, quem vai querer comprar na sua loja? Por isso, comece agora mesmo a estudar e escolher a melhor opção para o seu negócio, busque ajuda, fique atento aos erros que você não pode cometer e se prepare para o sucesso!

Gostou do artigo? Quer ler muito mais sobre como impulsionar seu e-commerce? Então assine a nossa newsletter!Contribui para a produção deste artigo Andreas Maier, creative leader na Profit-e.

Artigos Relacionados