Artigo
Categorias

Alguns pontos importantes a serem considerados em termos de performance do site são:

– SEO: Ações e estratégias de Marketing Digital que têm como objetivo o aumento do tráfego e do desempenho de um site por meio de resultados orgânicos de mecanismos de pesquisa como, por exemplo, Google, Bing e até YouTube;

– Responsividade: Adaptação da página a todos os dispositivos, seja desktop, smartphone ou tablet. Considerando realidade brasileira e o uso disseminado de smartphones, é sempre importante desenvolver um site “mobile first”, para que a navegação não fique prejudicada nesse dispositivo;

– Velocidade: Tempo de carregamento de páginas, evitando a lentidão.

A velocidade do site é um item essencial de performance. Afinal, caso a página demore muito para carregar, o usuário desistirá de esperar e pode ir procurar o produto em um site concorrente. E esse fato é comprovado, pois pesquisas indicam que 40% dos usuários saem da página e buscam outras opções caso o carregamento demore mais do que 3 segundos. 

Por isso, questões como tempo de carregamento adequado e otimização das imagens devem ser avaliados para que a velocidade do site não seja um empecilho no momento da navegação. Além disso, é importante mostrar de maneira clara que o carregamento está sendo realizado e o site não “travou”. 

Para evitar esse ofensor de performance, no site da Damásio foi utilizado o “loading de prateleira”. Assim, não haverá a impressão de que o layout está quebrado e que a tela não tenha carregado por completo, não prejudicando a navegação pela home.

Artigos Relacionados
× Como podemos ajudar?