Artigo
Categorias

O desafio

O Ecommerce da Joico levantou o desafio de se aproximar de usuários mais qualificados, no momento que realizam buscas por produtos da marca, aplicando estratégias de lance automatizado e segmentação por raio. Com o intuito de gerar Receita via campanhas de Google Pesquisa.

A abordagem

Foi realizado um estudo dos Salões de Beleza mais renomados do Brasil, entendendo que o público alvo que compra produtos Joico estaria presente nesses locais. Sendo em sua grande maioria (74%) mulheres entre 25 e 45 anos aficionadas por produtos de luxo e beleza pessoal.

Foi utilizada a nova segmentação nas campanhas de pesquisa, aplicando um Raio de 1km sobre os endereços dos salões, com ajuste de lance de +65% em mobile. Foram mais de 60 locais segmentados em diversas regiões do Brasil. Foi aplicada a estratégia de lance automatizada Maximizar Conversões para acionar a performance da ação.

Os resultados

As Campanhas de Pesquisa apresentaram um ganho de 20% nos cliques, gerando um aumento de 18% nas visitas no site. Com o uso da automação houve um redução de 31% no custo da conta. Durante o período de atuação campanhas geraram aumento de 10% na Receita.

As campanhas de Geolocalização representaram 22% do total da Receita gerada entre as campanhas de pesquisa, e 12% entre o resultado gerado pelos canais de display e shopping.
Com a segmentação em locais de interesse de público, se obteve valor através de usuários qualificados, estando no momento de maior propensão de compra e busca por produtos do segmento da marca.

“Com o consumidor cada vez mais multicanal, a campanha pôde aumentar a lembrança da marca no momento em que o cliente está mais receptivo a usá-lo, os salões de beleza, gerando também acréscimo de receita nas vendas online.” – Paulo Moreira, Head Ecommerce

Artigos Relacionados
E-commerce Boas práticas para a entrega de produtos em meio à crise

A recente pandemia que assolou o mundo trouxe uma mudança de rotina para a população. Com a recomendação do Ministério da Saúde de realizar o distanciamento social, varejistas de todo o país precisaram repensar a forma como se comunicam com seus clientes. Com este cenário, as entregas de produtos também entraram na discussão para buscar alternativas saudáveis e corretas para evitar a proliferação do vírus. Confira abaixo algumas das medidas simples que podem ser adotadas desde o pequeno até grandes negócios.

Jonas Risovas Camila Franca 14 abril 2020