Artigo
Categorias

A Black Friday é uma das épocas mais esperadas do ano todo, principalmente para os e-commerces. E não só no quesito faturamento, mas é por meio dessa data que são descobertos insights importantes que farão a diferença no seu negócio.

Para conseguir realizar boas ações de Black Friday e tirar bons aprendizados dessa data, é primordial realizar um planejamento completo de Marketing Digital, com tudo que precisa ser analisado/feito antes, durante e pós evento.

Esquenta Black Friday

O seu planejamento deve começar entendendo os anos anteriores do seu negócio, antes mesmo da data chegar. Você deve analisar a sua receita em diversos pontos. Por exemplo:

– Qual foi a representação de receita em cada semana de novembro?
– Qual foi a representação de receita por um produto/categoria? E a receita geral?
– Qual foi a representação de receita por horário na véspera da Black Friday e no dia?

Também é importante investigar quais as ações comerciais realizadas em anos anteriores que obtiveram melhores resultados. Como por exemplo: frete grátis, opções de parcelamento, cupom de desconto, etc.

Além de entender quais os produtos mais vendidos, e quais que tiveram muito acesso e poucas vendas. Esses produtos passaram por uma estratégia comercial? Houve promoção envolvida?

Quando analisamos todos esses dados, as informações se tornam muito relevantes para estruturar os próximos passos do ano atual.

Próximos passos

Você pode iniciar definindo quais produtos ou categorias terão mais potencial durante a Black Friday deste ano, criando projeções de resultados por semana, dia e hora.

Verificar a sua base de clientes que pode ser usada para criar remarketing, e construir uma estratégia de captação de novos leads que possam ser trabalhados durante todo o mês.

Para isso é necessário entender em que etapa do funil o seu cliente precisa estar para ser um lead qualificado.

Pensando nessa estratégia, você deve possuir uma landing page que gere conversão, que seja assertiva para o seu público.

Tendo isso em mãos, você pode utilizá-la em diversas versões dependendo do seu plano. Você pode criar uma landing page segmentada especificamente para um produto em si, uma categoria, uma promoção, etc. Tudo vai depender da estratégia do seu negócio.

Lembre-se: Black Friday não se trata somente de valor promocional, mas também de benefícios diferenciados do seu e-commerce, como opções de parcelamento exclusivo, prazo de entrega, entre outros.

Quer mais conteúdos como esse? Inscreva-se na Jornada Black Friday 2020

Chegou o grande dia!

Análises feitas, estratégias concluídas, e ações rodando. Agora é hora de focar 100% nestas atividades:

– Defina as métricas de sucesso para o seu negócio (ex: visitas, taxa de conversão, transações, ticket médio, receita e faturamento.) e verifique-as em tempo real. Entenda qual é o sinal de alerta que diz que determinada métrica não está indo bem;

– Fique de olho se os produtos mais acessados não estão convertendo, para assim, conseguir identificar o problema a tempo e resolvê-lo da forma mais rápida possível;

– Não se esqueça de verificar de hora em hora o seu estoque ou a grade de produtos, principalmente para aqueles que foi criado uma promoção específica. Lembre-se de criar promoções que sejam adequadas para a etapa que o seu negócio se encontra, o mais importante é dar conta de toda a demanda neste período;

– Entenda de que forma você analisa seus concorrentes, quais as métricas importantes para o seu negócio, e baseado nelas análise-os em tempo real;

– Tenha um plano de ação nas mangas caso alguma métrica não esteja sendo atingida conforme o planejado. É necessário que este plano aconteça em tempo real.

Pós Black Friday

O maior aprendizado dessa estratégia é entender que este planejamento é contínuo e não sazonal. O objetivo de se planejar é garantir que os resultados sejam colhidos durante todo o ano, e que a sua estratégia continue rolando, não somente na época da Black Friday.

Para isso, é importante trabalhar toda a base de leads. Não só aqueles que compraram, mas também aqueles que desistiram no meio do caminho. Fazer remarketing e construir um relacionamento com eles.

Fidelizar os clientes que realizaram a sua primeira compra na Black Friday, oferecendo algum benefício que faça sentido para o seu negócio e seus consumidores.

Você também pode segmentar os clientes que se interessaram especificamente pelas promoções da Black Friday, criando um público específico que você entende que converte em promoções mais assertivas.

Essa estratégia pode ser desmembrada e aplicada em muitas outras que forem interessantes para a sua empresa. Quanto mais segmentado for o público, mais assertivo serão as suas próximas ações.

Além de tudo isso, é muito significativo analisar o volume de busca da sua marca durante todo o dia da Black Friday. E também verificar as principais métricas de sucesso do seu e-commerce, visando extrair insights.

A Black Friday é um dos melhores períodos do ano para você aumentar a sua base de clientes e ganhar espaço no mercado.

Essa data não é somente sobre faturar mais, mas sim, trabalhar a conversão dos seus produtos, entender as mecânicas que funcionam para o seu negócio, como ele se comporta, e muitos outros aprendizados.

Quer mais conteúdos como esse? Inscreva-se na Jornada Black Friday 2020

Artigos Relacionados
E-commerce Case Black Friday 2019 | Bumerang

A Bumerang migrou de plataforma recentemente, o que potencializou as vendas da loja e aumentou as expectativas junto ao cliente, nos dando como meta para a Black Friday chegar a 81% de receita faturada comparando com o ano de 2018. O grande desafio foi superar o Dia das Crianças, que é uma ótima data para esse segmento. Para isso, a Driven.CX e a Bumerang somaram esforços, reunindo a equipe para traçar uma estratégia eficaz.

Jonas Risovas Sarah Lucena 17 fevereiro 2020